Encontro do DEM-RJ reúne mais de 7 mil pessoas, Magé foi representada pelo Deputado Federal Zé Augusto Nalin

0
29

O Democratas reuniu na manhã deste sábado (9) sua liderança no Centro de Convenções do Rio Centro, na Barra da Tijuca, para reafirmar mais uma vez sua missão e compartilhou ideias para recomeçar o Brasil. Todos os Deputados Federais, Estaduais e prefeitos estavam presentes. Magé foi representada pelo Deputado Federal Zé Augusto Nalin.

“Esta é a minha visão desde o começo. Nosso foco está na retomada de obras paralisadas. Isso precisa ser um compromisso do Governo Federal, Estadual e Municipal sendo tratado por região e não por cidade. Sozinhos, os municípios e o Estado não têm condições de desenvolver este projeto”, esclareceu Nalin.

O presidente do partido, ACM Neto, elogiou o trabalho do Deputado Federal Rodrigo Maia e apontou  que hoje ele é quem reúne todas as condições para liderar a política brasileira e citou duas características: conhecimento e coragem.

“Agora é tempo de fazer uma ruptura responsável baseada em ideias e propostas para um Novo Brasil que desejamos construir e está construção desse novo Brasil passa por um papel fundamental e decisivo do nosso Democratas”, destacou.

O Deputado Federal e presidente da Câmara, Rodrigo Maia, iniciou afirmando que políticos que pensam diferente, podem sentar à mesma mesa e dialogar. Ele falou ainda sobre a decisão do DEM em votar a favor da continuidade do presidente Michel Temer no poder e esclareceu:

“Independente dos sonhos, da vontade pessoal, o mais importante naquele momento era garantir as instituições funcionando e a democracia no nosso país. Nosso partido tem demonstrado que tem responsabilidade com o Brasil e equilíbrio para comandar os nossos desafios”.

Ao final ele reafirmou a missão do partido em Recomeçar o Brasil.

“Esse recomeço estamos dando, primeiramente, no nosso partido aqui no Rio. E o Democratas é o único que tem as condições de conciliar o Brasil, de garantir uma política com menos radicalismo, com menos ódio e mais amor no coração. Só venceremos esse ciclo, se estivermos unidos e pensando em cada brasileiro que precisa voltar a ter esperança e se orgulhar do Brasil”.

Fonte: ASCOM – Zé Augusto Nalin

DEIXE UMA RESPOSTA